Connect with us

Geral

Brasil é um dos países com mais doses da vacina da covid-19 reservadas

Publicado

em

Um levantamento feito pelo Quartz aponta que o Brasil é um dos países com mais doses da vacina contra a covid-19 reservadas. Já são 220 milhões ao todo, sendo 120 milhões da chinesa Sinovac, desenvolvida com o Instituto Butantan, e 100 milhões da Universidade de Oxford, que mantém parceria com a AstraZeneca.

A contagem do Quartz leva em consideração tanto as candidatas à vacina licenciadas para produção local quanto aquelas fechadas em acordo para compra direta. O caso do Brasil é a primeira opção — e o país, em troca, permite a realização de testes em território nacional.

Os Estados Unidos aparecem em primeiro lugar, com 1 bilhão de doses reservadas. A maior parte delas — 600 milhões — é fruto do acordo feito entre o país e as farmacêuticas Pfizer e BioNTech.

Logo atrás vem o Serum Institute, da Índia, que receberá 1 bilhão de doses da candidata da AstraZeneca. A diferença é que o acordo firmado entre elas obriga a empresa indiana a distribuir a vacina para países mais pobres.

Já a União Europeia tem 500 milhões de doses reservadas, a maior parte (300 milhões) da francesa Sanofi. As 200 milhões restantes são da Johnson & Johnson, que hoje iniciou os testes de segurança de sua vacina em humanos.

Fora do bloco, Alemanha, França, Holanda e Itália também têm outro acordo, e aparecem atrás da União Europeia nesta lista do Quartz. Os quatro países têm mais 400 milhões de doses da vacina da AstraZeneca reservadas.

 

Publicidade

Mais Lidas