Prefeitura entra na Justiça contra empresa por abandono de obra da Delegacia Seccional

O mais novo capítulo na história do prédio próprio da Delegacia Seccional de Polícia de Adamantina – que se arrasta há quase cinco anos, quando foi iniciada a construção – é a Ação Judicial impetrada pela Prefeitura do Município contra a empresa MG3 Construções e Serviços Ltda, contratada em dezembro de 2014 para executar os serviços.

Na medida o Município cobra o cumprimento da obrigação da empreiteira em executar as pendências apontadas no laudo elaborado pela Secretaria Municipal de Planejamento e representantes da Seccional que mostrou que a obra não foi 100% concluída.

Esse suposto abandono da empresa tem atrasado a utilização do prédio.

https://media.giphy.com/media/lNG009oftih5blfysj/giphy.gif
Em conversa com a reportagem do Folha Regional na tarde de quinta-feira (12), o delegado seccional Dr. Carlos Vasconcelos lamentou a situação e confirmou o desejo de ocupar o mais rápido possível a nova sede.

“Naquele local pretendemos instalar a Seccional, o 2º Distrito de Polícia, O Necrim (Núcleo Especial Criminal), o Setor de Identificação, a Corregedoria e a base do GOE (Grupo de Operações Especiais). O que gostaria que acontecesse o mais rápido possível para que possamos alocar de forma mais adequada todas essas unidades”, ressaltou.

Também já está em fase de tramitação o pedido de AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros).

Segundo informações da Procuradoria Jurídica Municipal, a ação foi protocolada e a Prefeitura aguarda a decisão.

O novo prédio tem aproximadamente 2.209,94 metros quadrados e fica localizado na Rua Josefina Dall´Antonia Tiveron, próximo às sedes da Polícia Militar e da Unidade Regional Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

 

Fonte: Jornal Folha Regional Adamantina

 

https://folharegionaladamantina.com.br/anuncios/www/images/33b28e54fb60fbe6e7717697861499f3.jpg

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional