Câmara cobra informações sobre demora na conclusão do prédio da Delegacia Seccional

Foi aprovado em sessão ordinária da Câmara Municipal o Requerimento nº 157/19 que cobra informações a respeito das obras de construção da nova sede própria da Delegacia Seccional de Polícia em Adamantina, localizada na Rua José Vicente, próxima às sedes da Polícia Militar e da Unidade Regional Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/54258188_417514889054208_1928097757902405632_n.jpg?_nc_cat=109&_nc_oc=AQl7O6o5bK-wdQ3a5P8Q4E_giTSKqyRt95VN2FOfyZ1r5MnsVufJLK-5_wuw_HVZDrm4r9LOdctmNQpgWk2jhANf&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=a8269c9ec44f11aaf0e592e5b5c2944e&oe=5D8BA2F2
“O prédio está concluído? Se positivo, quais os motivos que estão impedindo a inauguração? Tem uma data pré-estabelecida para que o prédio seja utilizado?”, indaga no documento o autor do pedido de informações Aguinaldo Pires Galvão (DEM).

Conforme resposta dada por meio da Secretaria Municipal de Planejamento ao Folha Regional no mês de abril, a empresa responsável pela construção já terminou a obra.

“No entanto, na época, a equipe técnica formada por representantes da Prefeitura e da Delegacia emitiram laudo com alguns apontamentos que deveriam ser corrigidos pela contratada”.

A MG3 Construções e Serviços Ltda. foi contratada pelo Município e iniciou os serviços entre o final de 2014 e o começo de 2015.

O projeto original previa que a nova sede da Seccional de Adamantina deverá ter 2.209,94 metros quadrados.

 

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/61105984_463052184500478_1138856530389499904_n.jpg?_nc_cat=110&_nc_oc=AQl6uRnyWkcBB4e4nQOi7FiGEWvqqMiivyxbA9f0cbR8kpDIN0hqihZR8VR1E6bsNIV3OJenLMT0_6ED9CCad3fK&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=7adce3c51b8ef426fab23e2826db525f&oe=5D9D8820

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional