Connect with us

Diversos

Covid-19: 74% dos internados no Brasil não foram completamente vacinados

Publicado

em

74% dos pacientes internados com Covid-19 no Brasil entre julho e setembro deste ano não estavam com o esquema vacinal completo. O número é de um levantamento do Metrópoles, divulgado neste domingo (10), que usou dados do Ministério da Saúde.

Apenas 26% dos pacientes internados haviam tomado as duas doses ou dose única da vacina contra a Covid-19, o que reforça a importância da imunização.

Do total de internações entre julho e setembro, 46,2% dos pacientes não tinham tomado nem a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Os outros 25,7% tinham recebido apenas uma dose do imunizante.

Para o levantamento, não foram levados em consideração casos em que a informação sobre imunização foi ignorada e casos em que as datas da vacinação não estavam completas. Isso pode fazer com que a porcentagem de vacinados mostrada no levantamento seja maior do que a real.

Davi Urbaez, consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), explica ao Metrópoles que a taxa de transmissão do novo coronavírus (Sars-Cov-2) ainda é alta no Brasil. Ele ainda afirma que os não-vacinados são o público mais propenso a desenvolver a doença de forma mais grave.

“Estamos em uma faixa de transmissão elevada da pandemia, porque, por mais que [o nível] esteja muito mais baixo do que já esteve, nós nunca entramos em baixa transmissão. Estamos em uma faixa de transmissão sustentada. Neste cenário, também temos que considerar que a média de vacinação da população com segunda dose é 40%. Então, sim, a imensa maioria dos internados são os não vacinados, porque estão mais suscetíveis”, afirma.

 

Publicidade

Mais Lidas

error: O conteúdo está protegido !!