Connect with us

Polícia

Réus por matar amigo, adamantinenses vão a júri popular no Mato Grosso

Publicado

em

Promoções - Subway Brasil
Os adamantinenses Richard Bortolo Junior e Matheus Augusto Drago Schnoor vão a júri popular no Mato Grosso, réus no processo onde respondem pela morte do também adamantinense e amigo deles, Everton Marcelo dos Passos, popular “Xuxa” ou “Xuxinha”.

O crime ocorreu dia 7 de setembro do ano passado em Sorriso (MT). No dia 10 do mesmo mês eles foram presos em Comodoro (MT), mesma data em que o corpo da vítima foi encontrado em um rio na cidade de Ipiranga do Norte (MT), município fica cerca de 60 km de Sorriso. Desde então seguem presos, mesmo com as tentativas de habeas-corpus, sem sucesso.

Conforme a sentença de pronúncia disponível nos autos do Processo 1010637-21.2022.8.11.0040, os dois adamantinenses serão julgados pelos crimes de homicídio com incursos nas sanções ao artigo 121 do Código Penal, § 2º, incisos II (motivo fútil) e IV (recurso que dificultou a defesa da vítima), e artigo 211 (ocultação de cadáver) combinado com o artigo 69 (quando o agente, mediante mais de uma ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes, idênticos ou não).

O Ministério Público do Mato Grosso (MPMT) pretendia ainda que os dois respondessem também pela qualificadora de terem comedido o crime com o emprego de meio cruel, o que não foi acolhido pela magistrada.

O MPMT sintetizou a versão dada pelos dois, nos autos do processo:

“(…) Em sede de interrogatório judicial, o acusado Matheus Augusto Drago Schnoor, tentando dar nova roupagem aos fatos, acabou por admitir ter golpeado sim a vítima, porém deduziu em seu benefício a tese da legítima defesa.
(…) Por outro lado, é bem verdade que o acusado Richard Bortolo Júnior, em sede de interrogatório judicial, negou veementemente a prática do delito que lhe é imputado, aduzindo, em apertadíssima síntese, que não concorreu para a prática do crime doloso contra a vida presentemente perseguido.
(…) Acontece, porém, que as provas produzidas nas etapas investigativa e judicial bem atestam o cometimento do crime doloso contra a vida por parte dos acusados.”

O julgamento, em sessão do Tribunal do Júri, ainda não tem data para ocorrer. Ao final da sentença de pronúncia a juíza ratificou a decisão por manter os dois réus presos. “A prova da existência do crime e indícios de sua autoria são veementes e não foram abalados no decorrer do feito por nenhuma prova ou alegação defensiva. Na mesma linha segue o perigo gerado pelo estado de liberdade dos acusados, demonstrado a partir do modus operandi utilizado, persistindo a garantia da ordem pública evitando-se, assim, que se coloquem em risco novos bens jurídicos e por ter se evadido do distrito da culpa, a fim de resguardar a aplicação da Lei Penal. A instrução processual já se encontra encerrada, tendo sido, ainda, pronunciados. Considerando o contido no artigo 312 do CPP, visando a garantia da ordem pública e aplicação da lei penal, considerando ainda a gravidade concreta em tese da ação criminosa, mantenho a prisão, de forma que os réus deverão aguardar o julgamento preso (CPP, artigo 413, § 3º)”.



Polícia

Com filho de 4 anos, doméstica de Adamantina é presa em Mirandópolis levando 100 porções de cocaína

Published

on

Uma mulher de 32 anos, doméstica, moradora em Adamantina, foi presa na manhã deste sábado (18) pela Polícia Militar em Mirandópolis, por tráfico de drogas. conforme divulgou o 28º Batalhão da PM de Andradina, equipes realizavam patrulhamento preventivo nas imediações do Complexo Penitenciário quando avistaram uma mulher, acompanhada por seu filho de quatro anos, que adotou atitude suspeita, momento em que os policiais decidiram abordá-la.

Em revista a seus pertences – conforme o 28º Batalhão da PM – os policiais encontraram um invólucro conhecido como “ovo”, confeccionado para ser introduzido na genitália, a fim de entrar na unidade prisional. No interior do objeto eram levadas 100 porções de cocaína, embaladas individualmente, e um cigarro de maconha.

Indagada, a mulher declarou aos policiais que iria entrar na penitenciária para visitar seu amásio, que cumpre pena por tráfico de drogas.

A mulher recebeu voz de prisão em flagrante e foi apresentada ao plantão da Polícia Civil em Andradina, sendo autuada e mantida presa, à disposição da Justiça, para a audiência de custódia. A criança ficou aos cuidados do Conselho Tutelar de Mirandópolis.



Continue lendo

Polícia

Acidente entre quatro veículos mata duas pessoas

Published

on

Duas pessoas morreram após um acidente de trânsito envolvendo quatro veículos, nesta sexta-feira (17), no km 125,500 da Rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo (SP-563), também conhecida como Rodovia da Integração, em Dracena. Uma jovem, de 21 anos, ficou gravemente ferida.

Conforme a Polícia Rodoviária, uma equipe foi acionada para atender um acidente de trânsito. Os policiais constataram que uma carreta bitrem transitava na via e colidiu lateralmente contra um caminhão, que transitava no sentido contrário.

Na sequência, a carreta colidiu frontalmente contra um carro, que transitava atrás do caminhão atingido, e veio a capotar.

Além disso, uma das rodas da carreta se desprendeu e atingiu uma caminhonete, que trafegava pela rodovia atrás do carro atingido.

Ainda segundo a Polícia Rodoviária, as vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas para o Pronto Atendimento de Dracena, onde constatou-se a morte do condutor do caminhão, um homem de 57 anos, e da condutora do carro, uma mulher de 48 anos.


Já a passageira do carro, uma jovem de 21 anos, permaneceu sob cuidados médicos em estado grave.

O motorista da carreta e da caminhonete passaram pelo teste do bafômetro, que não constatou a presença de álcool.

De acordo com os policiais, não houve interdição da via, pois “todos os veículos envolvidos imobilizaram-se fora da faixa de rolamento”.


Continue lendo

Polícia

Carro com placas de Adamantina se envolve em acidente em rodovia no Mato Grosso do Sul

Published

on

Um automóvel Fiat Uno com placas de Adamantina se envolveu em um grave acidente na madrugada desta terça-feira (14) na BR-463, trecho entre Dourados e Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

Conforme divulgado pelo portal de notícias sul mato-grossense Perfil News, o acidente envolveu uma picape VW Saveiro, com placas de Panorama, e o Fiat Uno com placas de Adamantina. A Saveiro ficou completamente carbonizada e um dos ocupantes morreu na hora.

Já o carro com placas de Adamantina estava parado no acostamento, por falha mecânica. Não foram divulgadas informações se o automóvel estava ocupado ou vazio. O veículo ficou completamente destruído.

A vítima fatal do acidente era morador em Brasilândia, cidade que é interligada com Pauliceia pela ponte sobre o Rio Paraná. Ele era o dono da Saveiro mas dormia no banco de passageiro. Ele morreu carbonizado. O veículo era conduzido por um amigo, que foi socorrido com ferimentos graves e levado a um hospital de Ponta Porã.

As circunstâncias e eventuais responsabilidades acerca do acidente serão investigadas pelas autoridades do Mato Grosso do Sul.


Continue lendo

Mais Lidas

error: O conteúdo está protegido !!