Connect with us

Geral

ARTIGO: Quem matou o juiz?

Publicado

em

Sexta-feira, 14 de março de 2003, um trabalhador se prepara para mais um final de semana. Despede-se dos colegas de serviço, entra no carro e segue para casa. Minutos depois, uma fechada no trânsito, e um tiro; mais cinquenta metros, uma árvore no caminho, mais disparos, e fim da viagem.

Assim termina a brilhante carreira do juiz-corregedor Antônio José Machado Dias, 47 anos, 18 de magistrado, e começa um novo capítulo da polêmica causada pela construção de presídios na nossa região: o que se deduz é que a ordem do assassinato saiu de dentro de uma prisão.

Se isso for confirmado, muitas perguntas se insinuam. A primeira: onde estavam os legítimos representantes do povo quando começou a construção deliberada dos presídios no Oeste Paulista? Já para a sociedade, que, com exceção da de Osvaldo Cruz, pouco ou quase nada fez para impedir esse presente de grego do governo, o questionamento é bem maior:

  1. É justo, além dos detentos, punir também seus familiares, transferindo presos para mais de 600 quilômetros de suas cidades?
  2. É justo atrasar o atendimento jurídico das pessoas da região, com o acúmulo de processos de presos?
  3. É justo priorizar o atendimento aos presos nas nossas unidades de saúde, e prejudicar os munícipes locais?
  4. É justo termos o nosso meio ambiente degradado pelos esgotos sem tratamento dos presídios?
  5. É justo uma população que tinha muita tranquilidade ficar em pânico diante dos acontecimentos que aí estão?
  6. É justo nossa região, apesar de ter recebido tantos presídios, não ter uma atenção especial do governo do Estado, que poderia, como forma de compensação, construir um hospital regional ou repassar recursos financeiros calculados em cima do que é gasto com o sistema prisional para os municípios prejudicados investirem em programas sociais?
  7. Será que os presídios não inibem a vinda de indústrias para nossa região?
  8. Será que não existem terrenos próximos à capital para construção de presídios?

Finalmente, gostaríamos de responder à pergunta-título, e dizer que quem matou o juiz foram todos, que, pela omissão, deixaram que fossem construídas uma grande quantidade de penitenciárias na nossa região e também aqueles que, por interesses escusos, contribuíram para que o crime organizado se tornasse mais organizado que as instituições que deveriam combatê-lo.

Obs: Publicamos este texto no Jornal Diário do Oeste, em 18 de março de 2003. Poucas autoridades políticas falavam sobre o que estava acontecendo. A submissão ao governo do Estado colocava limites. De lá para cá, muitos outros presídios foram construídos na região, inclusive um na cidade de Osvaldo Cruz.  

Publicidade

Geral

Em tempo de PRÉ com PRÉ, o meu VOTO será “em BRANCO” para o EXECUTIVO PROVINCIANO…

Published

on

“Por um voto em branco, você está dizendo que você tem uma consciência política, mas você não concorda com qualquer um dos partidos existentes.” (Jose Saramago)

 

By seb@r.

Em tempo de PRÉ para todos os lados, porém, no caso em especial dos nomes ao EXECUTIVO PROVINCIANO, pode-se registrar que são todos FARINHAS DO MESMO SACO e assim por diante…

Nada contra este ou aquele PRÉ, porém, o que interessa neste JOGO MAIS DO QUE VICIADO são os denominados GRUPOS DE APOIO, ou seja, PARTIDOS POLÍTICOS ou POLIQUEIROS e nada mais do que era nada menos…

Porém, como sempre, nestes OCASOS de um TALVEZ, prefiro DECLARAR O MEU VOTO neste texto, ou seja, INDEPENDENTE (sic) deste ou daquele PRÉ, o meu VOTO será em BRANCO, talvez NULO, ainda, pretendo TRABALHAR E ESCREVER em nome desta ESCOLHA mais do que consciente quanto aos PRÉ que sobreviverem até OUTUBRO…

Melhor PREVENIR DO QUE REMEDIAR com essa TURMA DE ALOPRADOS, ainda mais que são todos da turma do GENOCIDA e sua cambada de ALOPRADOS/AS nesta PROVÍNCIA DO FAZ DE CONTA…

Mas, quem sabe os NOVOS/AS LEGISLADORES/AS possam fazer a diferença depois de ELEITOS/AS, se bem que fica sempre aquele outro dito popular, a saber: SE VOCÊ PENSA QUE TÁ RUIM, PODE PIORAR…

Entretanto, cada qual com suas ESCOLHAS quanto a este ou aquele PRÉ neste momento, todavia, vale a pena mais um DITO pelo NÃO DITO, ou seja, É MELHOR PREVENIR DO QUE REMEDIAR…

Nas ENTREVISTAS (sic) realizadas pela MÍDIA PROVINCIANA com os tais PRÉ, pra variar, prevalece quase sempre as mesmas PERGUNTAS com as mesmas RESPOSTAS dos DITOS CUJOS, assim, o SENSO COMUM continua mais atual do que nunca para todos de um jeito ou de outro…

O que se pode esperar daqui pra frente destes PRÉ-CANDIDATOS está em cima de uma MESA PROVINCIANA, talvez, ou melhor, com certeza, ainda, tudo pode ocorrer neste MEIO DO CAMINHO, se possível, com MUITAS PEDRAS ou ABRAÇOS, neste caso, pode ser aquele do tal AMIGO DA ONÇA…

O TEMPO, como afirmou o POETA, pode determinar qual será o MELHOR CAMINHO (sic), haja vista que não se pode deixar de lado as ETERNAS TROCAS NADA SIMBÓLICAS…

Também, não se pode esquecer que são todos do mesmo lado, ou seja, da denominada e idolatrada EXTREMA DIREITA travestida de MENTES MEDÍOCRES em nome deste ou daquele GRUPO PROVINCIANO…

Nestes OCASOS, reforço que VOCÊS continuam sendo os/as PATRIOTÁRIOS/AS de sempre, talvez, esperando uma oportunidade para retornarem aos DESFILES com a turma da DIREITA VOLVER…

Pra reforçar, PERDERAM MANÉS!

QUEM SOBREVIVER VAI SABER…

____________________________

e-mail: [email protected]

 

    

Continue lendo

Geral

Colisão entre caminhão e caminhonete deixa 2 pessoas feridas em Piracicaba

Published

on

Um acidente entre uma caminhonete e um caminhão que estava vazio na estrada da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), conhecida como Estrada da Ceasa, em Piracicaba (SP), na tarde desta segunda-feira (20) deixou duas pessoas levemente feridas.

Com o impacto da colisão, uma das rodas da caminhonete saiu. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, as duas vítimas eram um passageiro do caminhão e um ocupante da caminhonete, que foram encaminhadas pelo Corpo de Bombeiros para hospitais de Piracicaba.

Não houve reflexos no trânsito. O caminhão vinha de Laranjal Paulista (SP) e seguia para Sumaré (SP). A perícia foi acionada para apurar as causas do acidente.

Continue lendo

Geral

Carreta com carga de aerossol pega fogo e bloqueia Ayrton Senna

Published

on

Uma carreta que carregava carga de aerossol sofreu um acidente, na rodovia Ayrton Senna, em Guarulhos. O caso ocorreu na noite de segunda-feira (20) e o veículo ainda estava no local na manhã desta terça-feira (21), após ser totalmente consumido pelo fogo.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp.

O motorista do veículo conseguiu escapar a tempo, ao perceber as chamas e as explosões iniciais da carga. O condutor deixou a carreta no canto, desceu pela pista e conseguiu correr. Parte da rodovia foi bloqueada, no sentido interior do estado.

As chamas se espalharam rapidamente, com várias explosões, já que a carga é totalmente inflamável e o aerossol é comprimido, causando as explosões. Equipes do Corpo de Bombeiros tiveram trabalho para conter as chamas. A polícia investiga as causas do acidente. Segundo informações preliminares, um pneu da carreta estourou, o motorista perdeu o controle e bateu na mureta de proteção.

Segundo a Artesp, equipe da conservação finalizou a limpeza na rodovia às 7h30min, e a faixa 3 foi liberada. Guinchos pesados retornaram ao local do acidente para tentativa de retirada da carreta com apoio da retroescavadeira.

* Com informações de SBT

 

Continue lendo

Mais Lidas

error: O conteúdo está protegido !!