Connect with us

Geral

ARTIGO: Contradições no mundo do fanatismo

Publicado

em

Não é nenhum exagero dizer que os habitantes do mundo do fanatismo criado pelos semeadores de fake news são os seres mais contraditórios da face da Terra. Acreditam em tudo que os fundamentalistas políticos/religiosos postam na internet, e ainda correm riscos desnecessários ao compartilhar nas redes sociais as mentiras publicadas pelos falsos moralistas.

Como se isso não bastasse, nos últimos dias esses seres inocentes passaram por um nefasto processo de lavagem cerebral orquestrado pela grande mídia global, que está levando aos quatro cantos do planeta, a narrativa do gabinete de Benjamin Netanyahu sobre o conflito entre Israel e Palestina. Obs: Essa estratégia lembra muito a propaganda nazista usada no inicio da Segunda Guerra Mundial.

Nem é preciso dizer que o antigo método de persuasão funcionou e o lado que os pobres diabos escolheram para prestar solidariedade. De uma hora pra outra, viraram defensores da causa israelense sem ao menos conhecê-la. Com isso, as contradições no mundinho deles aumentaram assustadoramente. Vejamos alguns absurdos.  

Eles falam que são cristãos, mas adotaram como modelo de perfeição um país em que grande parte do povo não acredita em Jesus Cristo. São contra políticas públicas pautadas pela ciência, mas não sabem que a nação que tratam como uma espécie de extensão do paraíso, há anos legalizou o aborto. A propósito, a legislação que trata desse tema em Israel é uma das melhores do mundo e deveria ser copiada pelo Brasil.

Fazem barulho contra a descriminalização das drogas em nosso país, mas ignoram que na pátria que se tornou o sonho de consumo deles é liberado o cultivo e o uso da maconha para fins recreativos. São homofóbicos, mas sequer imaginam que a comunidade LGBT+ tem muitos direitos garantidos por lei em Israel, e é tratada com o respeito que o ser humano merece. Outros bons exemplos que deveriam ser seguidos.

São radicalmente contra as ocupações de terras griladas/improdutivas pelos movimentos sociais da sua pátria, mas aprovam a invasão de uma nação soberana pelo país que aprenderam idolatrar por meio das fake news. Acertam quando condenam o Holocausto, mas não enxergam que a nação invadida se transformou num gigantesco campo de concentração e de extermínio a céu aberto.

Defenderam a proposta do inelegível de legalizar as milícias existentes no Brasil, mas chamam de terroristas os grupos armados dos pequenos países do Oriente Médio que estão fazendo o papel de Davi numa luta desigual contra o gigante Golias. Ao mesmo tempo, torcem para a Ucrânia na guerra contra a Rússia, mas não sabem por que Israel evitou receber o presidente pop star ucraniano.

Com tantas contradições no mundo do fanatismo, podemos tirar algumas conclusões. Os analfabetos fundamentalistas brasileiros não sabem que o Israel da Bíblia, não é o atual Estado de Israel, que é guiado pela geopolítica e pela ciência. Também não conhecem os Dez Mandamentos da Lei de Deus e os Sete Pecados Capitais. E menos ainda uma frase que está em moda, que diz: em uma guerra onde se mata crianças e pessoas indefesas não podemos ser torcedores, mas sim pacificadores.

O mundo não precisa de tanto ódio, o mundo precisa de mais amor! O mundo não precisa de tantas mentiras, o mundo precisa de mais verdades!

Publicidade

Geral

ARTIGO: PROVÍNCIA E PODER: Reflexão mais do que necessária…

Published

on

“Quando temos o poder, queremos a ordem; muitos para o conseguirem promovem a desordem.” (Marques de Marica)

 

By seb@r.

 

Nas muitas províncias do interior do “País do faz de conta”, existem os denominados “donos do poder local”, pessoas com destaque na comunidade que usam e abusam da força em vários níveis para “manipular e dominar” a comunidade com mão de ferro (sic)…

Os interesses, como sempre, atendem ao jogo do poder pelo poder, assim, os anos passam e pouco muda o cenário GLOCAL, isso é, do Global para o local, ainda, em tempo de pós-globalização organizacional…

Também, um país que foi conquistado pela força da cruz com apoio da espada portuguesa não poderia ficar distante deste presente, entretanto, pode-se pensar em outras alternativas neste mesmo contexto provinciano…

A sociedade em foco deverá levar em conta as necessidades imediatas causadas pelos desmandos do poder local, buscando desta forma, estar em sintonia com as propostas do social frente ao jogo dos poderes temporal e secular…

A província tem o seu lugar social definido pelos padrões dos senhores daquele lugar, assim, o melhor é levar adiante um enfoque reflexivo para um confronto com o poder institucionalizado pela força e pelo medo…

O olhar do outro lado, isso é, dos provincianos com os donos das muitas mentiras sem uma verdade, pode servir como base de apoio para um entendimento acima do jogo mediado pelos interesses escusos do todo poderoso do lugar comum…

A mediação do momento conquista um meio que pode determinar o fim, porém, o início do tudo fica sem o nada para uma derrota frente à força do poder local, quando os falsos profetas ficam com as vitórias de uma única derrota…

É possível uma volta por cima para deixar novas pistas pelos caminhos de um lugar comum, contudo, não se pode esperar que as coisas aconteçam da melhor forma possível para um dos lados desta mesma moeda…

O tempo continua, de acordo com o profeta do outro tempo, “o senhor da razão”, cada qual, deve estar atento neste confronto, entre vencidos e vencedores dos conflitos terrenos em terras “brasilis”…

O real se torna irracional neste caso específico, por isto, tudo pode acontecer para os dois lados num confronto sem fim, o que determina a escolha das armas e local para o desafio além mar dos desafetos do poder centralizador…

QUEM SOBREVIVERI VAI SABER…

_____________________________________

e-mail: [email protected]

Continue lendo

Geral

Idoso morre prensado entre carro e micro-ônibus em rodovia de Piraju

Published

on

Um idoso de 74 anos morreu prensado entre um carro e um micro-ônibus em uma rodovia de Piraju (SP), na manhã desta segunda-feira (10).

Conforme o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu na Rodovia Engenheiro Tomás Magalhães (SP-287), em frente à sede da Apae do município.

Eliseu de Paula Bueno estava parado ao lado de sua motocicleta, próximo a um ponto de ônibus, quando foi atingido pelo carro, que estaria em alta velocidade. A vítima foi arrastada até ser prensada contra o micro-ônibus.

Os passageiros do carro eram uma mulher e uma criança de dois anos, que foram socorridos e levados ao pronto-socorro do município. Eles tiveram ferimentos leves.

Uma equipe da Polícia Militar Rodoviária foi acionada e o corpo aguarda liberação da perícia para ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Avaré (SP).

Continue lendo

Geral

Acidente deixa três mortos e dois feridos na SP-280 em Araçariguama

Published

on

Um acidente entre dois veículos deixou três mortos e duas pessoas feridas no quilômetro 52 da Rodovia Castello Branco (SP-280), em Araçariguama (SP), por volta das 15h desta segunda-feira (10).

De acordo com a CCR ViaOeste, concessionária que administra o trecho da rodovia, o carro trafegava pela faixa dois, quando sofreu uma pane e precisou parar. Um utilitário que vinha logo atrás não conseguiu frear ou desviar e colidiu com a traseira do veículo.

Com o impacto, o carro foi arremessado e atingiu uma das passageiras que havia desembarcado para sinalizar o local do acidente.

Três pessoas foram socorridas em estado grave e outras duas tiveram ferimentos leves. O helicóptero Águia, da Polícia Militar, encaminhou uma das vítimas para um hospital em São Paulo. Outras duas pessoas foram levadas a São Roque (SP).

Conforme apurado pela TV TEM, três vítimas, sendo duas mulheres e um homem, não resistiram aos ferimentos e morreram durante atendimento hospitalar.

A colisão interditou as faixas três e quatro sentido interior-capital. Congestionamento de ao menos nove quilômetros foi registrado.

Continue lendo

Mais Lidas

error: O conteúdo está protegido !!