Connect with us

Geral

ARTIGO: Chegou a hora de discutir política

Publicado

em

Com quase tudo certo para o inicio da disputa eleitoral, acredito ter chegado a hora de refletirmos um pouco sobre política na Nova Alta Paulista. Pra começo de conversa, vamos recordar algumas frases de grandes pensadores sobre tão importante atividade. Pode ser que sirvam para ajudar o eleitor em alguma coisa no próximo ano.

Segundo Platão, ’’o primeiro problema da política é que todos os homens acham-se capacitados para exercê-la, o que parece um grande erro, pois ela resulta de uma arte muito especial’’. A propósito, o filósofo grego também afirma que ’’o maior castigo consiste em ser governado por alguém ainda pior que nós, quando não queremos sermos nós a governar’’.

Para Max Weber, só existe duas maneiras de se fazer política, ’’ou se vive ’para’ a política, ou se vale ’da’ política. Nessa oposição não há ’nada’ de exclusivo. Muito ao contrário, em geral se fazem ’uma e outra coisa’ ao mesmo tempo, tanto idealmente quando na prática.’’ E Weber completa, ’’neutro é quem já se decidiu pelo mais forte’’.

No entendimento de Aristóteles, ’’a política não deveria ser a arte de dominar, mas sim a arte de fazer justiça’’. Para Nietzsche, ’’um político divide os seres humanos em duas classes: instrumentos e inimigos’’. Na análise de Maquiavel, ’’a primeira impressão que se tem de um governante e da sua inteligência é dada pelos homens que o cercam’’.

Marques de Maricá ensina que ’’os acontecimentos políticos humilham e desabonam mais a sabedoria humana que quaisquer outros eventos deste mundo’’. E que em opiniões políticas, ’’os crimes de um tempo são virtudes em outros’’. Para o poeta Carlos Drummond de Andrade, ’’a ignorância, a cobiça e a má fé sempre elegem seus representantes políticos’’.

Blaise Pascal diz que ’’o rei está rodeado de pessoas que só pensam em diverti-lo e em impedi-lo de pensar em si mesmo, porque, se pensa em si mesmo, é infeliz, por mais rei que seja.’’ Talvez foi este mesmo raciocínio que levou Voltaire a escrever que ’’a política tem a sua fonte na perversidade e não na grandeza do espírito humano’’.

Voltaire ainda defende a tese de que ’’não existem grandes conquistadores que não sejam grandes políticos’’. Para ele, ’’um grande conquistador é um homem cuja cabeça se serve, com feliz habilidade, do braço de outrem’’. E que ’’de todas as doenças do espírito humano, a fúria de dominar é a mais terrível’’.

No entanto, apesar das palavras dos pensadores citados, não devemos generalizar, pois existem políticos que colocam os interesses coletivos acima dos interesses individuais, ou dos interesses de grupos. Todavia, sendo esses políticos uma minoria, cabe ao leitor à difícil missão de encontrar a lanterna de Diógenes para identificá-los.

Como sei que este texto promete deixar algumas cicatrizes pela mensagem que passa, antes de encerrá-lo, fica aqui uma citação da Madre Tereza de Calcutá: Não posso dar-me ao luxo da política. Numa ocasião, fiquei cinco minutos a escutar um político e morreu-me um velhinho em Calcutá. Obs: Publiquei este artigo pela primeira vez em agosto de 2015, e só o republiquei porque o tema tratado nele é atemporal.

 

Publicidade

Geral

ARTIGO: PROVÍNCIA E PODER: Reflexão mais do que necessária…

Published

on

“Quando temos o poder, queremos a ordem; muitos para o conseguirem promovem a desordem.” (Marques de Marica)

 

By seb@r.

 

Nas muitas províncias do interior do “País do faz de conta”, existem os denominados “donos do poder local”, pessoas com destaque na comunidade que usam e abusam da força em vários níveis para “manipular e dominar” a comunidade com mão de ferro (sic)…

Os interesses, como sempre, atendem ao jogo do poder pelo poder, assim, os anos passam e pouco muda o cenário GLOCAL, isso é, do Global para o local, ainda, em tempo de pós-globalização organizacional…

Também, um país que foi conquistado pela força da cruz com apoio da espada portuguesa não poderia ficar distante deste presente, entretanto, pode-se pensar em outras alternativas neste mesmo contexto provinciano…

A sociedade em foco deverá levar em conta as necessidades imediatas causadas pelos desmandos do poder local, buscando desta forma, estar em sintonia com as propostas do social frente ao jogo dos poderes temporal e secular…

A província tem o seu lugar social definido pelos padrões dos senhores daquele lugar, assim, o melhor é levar adiante um enfoque reflexivo para um confronto com o poder institucionalizado pela força e pelo medo…

O olhar do outro lado, isso é, dos provincianos com os donos das muitas mentiras sem uma verdade, pode servir como base de apoio para um entendimento acima do jogo mediado pelos interesses escusos do todo poderoso do lugar comum…

A mediação do momento conquista um meio que pode determinar o fim, porém, o início do tudo fica sem o nada para uma derrota frente à força do poder local, quando os falsos profetas ficam com as vitórias de uma única derrota…

É possível uma volta por cima para deixar novas pistas pelos caminhos de um lugar comum, contudo, não se pode esperar que as coisas aconteçam da melhor forma possível para um dos lados desta mesma moeda…

O tempo continua, de acordo com o profeta do outro tempo, “o senhor da razão”, cada qual, deve estar atento neste confronto, entre vencidos e vencedores dos conflitos terrenos em terras “brasilis”…

O real se torna irracional neste caso específico, por isto, tudo pode acontecer para os dois lados num confronto sem fim, o que determina a escolha das armas e local para o desafio além mar dos desafetos do poder centralizador…

QUEM SOBREVIVERI VAI SABER…

_____________________________________

e-mail: [email protected]

Continue lendo

Geral

Idoso morre prensado entre carro e micro-ônibus em rodovia de Piraju

Published

on

Um idoso de 74 anos morreu prensado entre um carro e um micro-ônibus em uma rodovia de Piraju (SP), na manhã desta segunda-feira (10).

Conforme o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu na Rodovia Engenheiro Tomás Magalhães (SP-287), em frente à sede da Apae do município.

Eliseu de Paula Bueno estava parado ao lado de sua motocicleta, próximo a um ponto de ônibus, quando foi atingido pelo carro, que estaria em alta velocidade. A vítima foi arrastada até ser prensada contra o micro-ônibus.

Os passageiros do carro eram uma mulher e uma criança de dois anos, que foram socorridos e levados ao pronto-socorro do município. Eles tiveram ferimentos leves.

Uma equipe da Polícia Militar Rodoviária foi acionada e o corpo aguarda liberação da perícia para ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Avaré (SP).

Continue lendo

Geral

Acidente deixa três mortos e dois feridos na SP-280 em Araçariguama

Published

on

Um acidente entre dois veículos deixou três mortos e duas pessoas feridas no quilômetro 52 da Rodovia Castello Branco (SP-280), em Araçariguama (SP), por volta das 15h desta segunda-feira (10).

De acordo com a CCR ViaOeste, concessionária que administra o trecho da rodovia, o carro trafegava pela faixa dois, quando sofreu uma pane e precisou parar. Um utilitário que vinha logo atrás não conseguiu frear ou desviar e colidiu com a traseira do veículo.

Com o impacto, o carro foi arremessado e atingiu uma das passageiras que havia desembarcado para sinalizar o local do acidente.

Três pessoas foram socorridas em estado grave e outras duas tiveram ferimentos leves. O helicóptero Águia, da Polícia Militar, encaminhou uma das vítimas para um hospital em São Paulo. Outras duas pessoas foram levadas a São Roque (SP).

Conforme apurado pela TV TEM, três vítimas, sendo duas mulheres e um homem, não resistiram aos ferimentos e morreram durante atendimento hospitalar.

A colisão interditou as faixas três e quatro sentido interior-capital. Congestionamento de ao menos nove quilômetros foi registrado.

Continue lendo

Mais Lidas

error: O conteúdo está protegido !!