Connect with us

Cidades

Com 100% dos leitos ocupados, se um adamantinense precisar da UTI terá que ser transferido para outra cidade

Publicado

em

A Santa Casa de Misericórdia de Adamantina dispõe de cinco leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para atendimento específico de pacientes em estado grave de Covid-19. E no momento todos estão ocupados. Fora estes, o hospital conta com 12 leitos clínicos.

Segundo informação atualizada na tarde da última quinta-feira pela Secretaria Municipal de Saúde, nos referidos leitos do hospital estão internados dois pacientes de Adamantina e 3 de cidades vizinhas. Sem vaga disponível na Santa Casa do município, se um adamantinense precisar de internação de urgência na UTI Covid terá que ser transferido para uma unidade de saúde de outra cidade.

“Caso surja a necessidade temos que seguir o procedimento padrão: estabilizar o paciente, abrir chamado na CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde) para encontrar uma vaga na região ou fora dela e, encontrando, encaminhá-lo o mais rápido possível”, explicou o secretário Gustavo Rufino.

Com relação aos leitos clínicos, destinados aos pacientes em estado leve, a Saúde Municipal informou que 5 abrigam pacientes de Adamantina e 4 pacientes de fora. Restam, portanto, apenas 3 vagos.

O secretário explicou destacou ainda que os leitos UTI não pertencem ao Município, na verdade são ligados ao SUS (Sistema Único de Saúde) e assim mantidos pelo Governo Federal. “E como a nossa Santa casa é referência regional, como outros hospitais, também temos que atender os pacientes enviados por meio da CROSS”.

 

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/p843x403/139269541_734569557494066_712356685013422085_n.png?_nc_cat=110&ccb=2&_nc_sid=730e14&_nc_ohc=jy5JzwTmJaQAX-nmrnI&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&_nc_tp=30&oh=d04efdb3bf46b04e90857c63bc7b84f6&oe=6034DD0B

Mais Lidas