Connect with us

Geral

Morre Maguito Vilela, prefeito de Goiânia que lutava contra a Covid-19

Publicado

em

Ex-governador de Goiás e prefeito licenciado de Goiânia,  Maguito Vilela (MDB) morreu na madrugada dest quarta-feira (13) aos 71 anos após passar mais de 80 dias internado na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, lutando contra uma infecção pulmonar causada pela Covid-19. A informação foi confirmada pela assessoria do político.

“É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do prefeito de Goiânia, Maguito Vilela, ocorrido nesta madrugada de 13 de janeiro. Internado desde o dia 22 de outubro para tratar da Covid-19, Maguito lutava contra uma infecção pulmonar diagnosticada na semana passada”, diz o texto divulgado nas redes sociais.

Internado desde o último dia 20 de outubro, quando testou positivo para a Covid-19 , Maguito passou por diversos procedimentos para tentar combater o avanço da doença, que chegou a comprometer 75% de seus pulmões. Entre melhoras e pioras, foi entubado, apresentou sangramento interno, realizou broncoscopia e traqueostomia, além de diálise e da utilização do suporte de oxigênio.

No início de dezembro, testou negativo para o coronavírus e passou a ter a carga de sedativos reduzida, chegando, inclusive, a apresentar momentos de consciência. Entretanto, a piora no quadro de saúde ocorreu após a infecção nos pulmões provocada por bactérias e fungos e ele acabou não resistindo.

Ainda de acordo com a publicação, a família fará o traslado do corpo de São Paulo para Goiás e ele deve ser sepultado em Jataí, sua terra natal. Maguito deixa a mulher, quatro filhos e uma enteada. Além dele, outras duas pessoas da família também morreram em decorrência do coronavírus: Nelma Vilela Veloso, de 76 anos, e Nelita Vilela, de 82 anos, ambas irmãs do prefeito.

 

Publicidade

Mais Lidas