Connect with us

Cidades

Prefeitura de Adamantina publica decreto com novos preços para serviços públicos

Publicado

em

No dia 29 de novembro, o prefeito de Adamantina, Márcio Cardim, editou o Decreto Municipal Nº 6.270, que define os novos valores dos preços de serviços públicos para o ano de 2021, mais caros a partir do primeiro dia do ano novo.

Com isso, serviços públicos com sepultamentos, horas máquina da patrulha rural, uso de espaços esportivos como Ginásio de Esportes e Estádio Municipal, e pela utilização do anfiteatro da Biblioteca, entre outros, estão mais caros.

O decreto fixa os preços públicos por serviços prestados pelas secretarias de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente, Obras e Serviços, Esportes, Lazer e Recreação e Cultura e Turismo, além de cemitério e outros setores. Os valores têm sido atualizados sempre ao final de cada ano, com vigência para o ano que se inicia.

Além de elevar os preços públicos, o prefeito Márcio Cardim também subiu o valor da UFM (Unidade Fiscal do Município), indicador usado como base para cálculo de impostos, taxas e multas, de R$ 3,64 para R$ 3,75.

Preços para uso do estádio, ginásio de esportes e anfiteatro

Na área de esportes, o novo decreto fixou em R$ 160 a utilização do ginásio de esportes, sem utilizar iluminação, por período (das 6h às 12, das 12h às 18h ou das 18h às 24), e R$ 376 por igual período, utilizando-se da iluminação. Por hora, o valor cobrado é de R$ 62, sem uso da iluminação, e R$ 98, com uso da iluminação.

Já pelo uso do estádio municipal, o valor é de R$ 315 por período, sem uso de iluminação, ou R$ 1.030 por período, com uso da iluminação, e os valores de R$ 98 por hora, sem iluminação, e R$ 185 por hora, com iluminação.

Já na área de cultura e turismo, é cobrado o valor de R$ 295 pelo uso do anfiteatro, por período, para eventos sem cobrança de ingresso, e R$ 730 por período, em evento que haja com cobrança de ingressos.

 

https://i1.wp.com/media.giphy.com/media/ZC0OZFyWj1g0kE7i1E/giphy.gif?w=740&ssl=1

Mais Lidas