Connect with us

Geral

Policial de Marília morre com tiro na cabeça

Publicado

em

Foi sepultado na tarde desta sexta-feira (20), no Cemitério da Saudade, o corpo do mariliense André Luiz Garcia Alcalde, de 32 anos, que era soldado da Polícia Militar. Ele foi morto com um tiro na cabeça durante a madrugada de sexta-feira, em uma rodovia próximo de Cubatão, na Baixada Santista.

O mariliense estava na Polícia Militar há quatro anos e onze meses, segundo nota de pesar do comando da corporação. André era ligado ao 6º Batalhão da Polícia Militar, sediado em Santos.

Segundo informações oficias da Polícia Militar, uma patrulha foi acionada por volta da 0h40, para atender uma ocorrência de acidente de trânsito na interligação do sistema Anchieta-Imigrantes, em Cubatão.

No local encontraram Alcalde ferido fatalmente na cabeça, caído ao lado de seu carro, que estava batido. Perto do corpo estava a pistola que pertence à Polícia Militar e o mariliense usava para trabalhar.

Em nota, a PM lamentou a perda e informou que o caso está sendo investigado tanto pela Polícia Civil, quanto pela própria Polícia Militar.

André Alcalde era casado e deixou um filho de três anos.

Publicidade

Mais Lidas