Connect with us

Geral

ARTIGO: Em tempos de pandemia, quem tem a vacina almeja as eleições!

Publicado

em

Uma breve análise sobre as atuais desavenças entre João Dória e Jair Bolsonaro

***

“Os políticos e as fraldas devem ser mudados frequentemente e pela mesma razão.”

Autor Desconhecido

***

Nos últimos dias dos atuais tempos obscuros pós-coronavirais, estamos vivenciando uma “briguinha” de dois chefes do Executivo, João Dória e Jair Bolsonaro. O motivo: A vacina para o novo Coronavírus. Mas, vamos entender alguns pontos disso tudo!

Inicialmente o Ministério da Saúde planejava realizar a aquisição de cerca de 46 milhões de doses da vacina chinesa (Corovac), desenvolvida pelo Laboratório Chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, um órgão público do Governo de São Paulo. Lembrando que, tal anúncio havia sido feito na última terça-feira (20), pelo Gen. Eduardo Pazuello, atual Ministro da Saúde.

No dia seguinte (21), Bolsonaro usou de sua conta oficial no Facebook, para anunciar que suspenderia o acordo com a farmacêutica chinesa, tendo em vista as suas atuais desavenças com João Dória (principal opositor nas eleições de 2022), aliada a uma outra massa de “militantes de direita” que insistem em espalhar “fake news” envolvendo teorias conspiratórias sobre a vacina.

Pois bem, “pendengas” à parte, penso que tudo isto está parecendo aquelas “briguinhas” de dois  “menininhos mimados”, onde quem perde o jogo, leva a bola embora. O problema é que não estamos em nenhum “joguinho” e nem um dos senhores é mais criança para isso. O que está em jogo são as vidas de milhões de brasileiros. Na minha opinião, pouco importa de onde a vacina virá, desde que venha e surta o efeito esperado. Só isso!

Certa vez, em outro texto sobre a tal fala da “cloroquina e da tubaína”, diga-se de passagem que alguns politiqueiros de plantão ficaram assustados com o que escrevi, no entanto reafirmo o que na disse e escrevo de novo nos mesmos termos: A imagem que querem passar nos dias atuais é de que, quem é militante bolsonarista toma a vacina de Oxford e quem é militante de Dória vai tomar a vacina chinesa! E o povo de uma forma geral, vai continuar tomando naquele lugar! Essa é a mais pura verdade!

Enquanto os tais “(pseudo) políticos” continuarem a fazer a “velha política”, continuaremos assim, a mercê, a ver navios, ou como queiram à espera de um milagre, já que a esperança “morreu mesmo”. Aos nobres “chefes do executivo estadual e federal” entendam de uma vez por todas: Vocês estão aí, “pelo e para o povo” e não para as eleições de 2022!

Publicidade

Mais Lidas