Situação crítica do muro do Centro Comunitário do Jardim Brasil pode virar ‘caso de Justiça’

 

 

A situação crítica do muro de arrimo no fundo do Centro Comunitário do Jardim Brasil não é novidade há anos e anos. A parede de contenção caindo. E o problema já havia se agravado nas chuvas caídas no começo de 2019 e piorou com o volume recebido neste início de 2020.

Diante do risco iminente de desmoronamento, o vereador Alcio Ikeda (PODE) fez o Requerimento nº 22/2020, apresentado e aprovado na primeira sessão ordinária da Câmara Municipal realizada segunda-feira passada (3).

No documento o legislador solicita informações sobre o muro do Centro Comunitário.

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/81007931_625742268231468_2549315406619738112_n.jpg?_nc_cat=110&_nc_ohc=q1vnJk3xX1wAX_rnJ6_&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=c73de463a2b84f31f04607d0292fa7d6&oe=5EC67E88
“É que a Prefeitura por meio do setor competente tome uma providência urgente. Caso nada seja feito, pretendo fazer uma denúncia no Ministério Público para que a Promotoria de Justiça de Adamantina aja, se for a única forma de conseguir resolver o problema”, alertou Alcio.

Desde o ano passado a Associação de Moradores do Jardim Brasil também tem a atenção para a situação e já protocolou documento junto à Prefeitura, em 2019 ainda, reiterando os alertas feitos anteriormente.

Com mais de quatro metros de altura, a estrutura está visivelmente comprometida e pode cair no quintal de uma residência, porém, a instabilidade já influencia muro lateral, onde há uma residência bastante próxima.

O Requerimento foi enviado ao Poder Executivo para que seja respondido.