ARTIGO: POLÍTICA, PROVÍNCIA E “SER OU NÃO SER JORNALISTA”…

“Porque o jornalismo é uma paixão insaciável que só se pode digerir e humanizar mediante a confrontação descarnada com a realidade. Quem não sofreu essa servidão que se alimenta dos imprevistos da vida, não pode imaginá-la. Quem não viveu a palpitação sobrenatural da notícia, o orgasmo do furo, a demolição moral do fracasso, não pode sequer conceber o que são. Ninguém que não tenha nascido para isso e esteja disposto a viver só para isso poderia persistir numa profissão tão incompreensível e voraz, cuja obra termina depois de cada notícia, como se fora para sempre, mas que não concede um instante de paz enquanto não torna a começar com mais ardor do que nunca no minuto seguinte.” (Gabriel García Márquez)

Sérgio Barbosa (*)

Do jeito que as coisas estão caminhando neste PAÍS DO FAZ DE CONTA, bem como, na PROVÍNCIA onde tudo pode acontecer, cada qual deve saber onde aperta o seu cinto ou sua cinta neste VELHO TEMPO NOVO…

No meio de tantos COISOS, se bem que EU AVISEI e deu no que deu, porém, daqui pra frente é mais ou menos de acordo com o dito popular, ou seja, CADA UM PRA SI E SALVE-SE QUEM PUDER…

Nesta semana, depois de algum tempo, ainda, sem mais e sem menos, resolvi TOMAR UM CAFÉ ESPRESSO em uma das PADARIAS da PROVÍNCIA, como sempre, as conversas são quase sempre as mesmas com um único tema: POLÍTICA PROVINCIANA…

Nestas conversas ocorrem muitas especulações sobre este ou aquele nome, bem como, qual seria o GRUPO DE APOIO do/a ESCOLHIDO/A, todavia, pode-se escrever que muitos querem estar nos QUINTOS…

Outra conversa é sobre QUEM É QUEM quanto ao SER JORNALISTA em terras provincianas, considerando que existem algumas pessoas que vivem dizendo isto ou aquilo quanto ao SER JORNALISTA, assim, registro que nestes ocasos de um talvez e ponto final, CADA LOUCO/A COM SUA MANIA…

No meu caso em especial, tal qual está REGISTRADO NA MINHA CARTEIRA PROFISSIONAL desde o ano de 1.986 com CARIMBO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO (que não existe mais), bem como, tendo como REGISTRO de JORNALISTA PROFISSIONAL DIPLOMADO (MTb No. 16.772/SP) e assim vamos que vamos em meio aos desencontros entre o SER e o ESTAR…

Tais discussões não levam a “lugar nenhum”, tal qual aquela música da Banda de ROCK TITÃS, além do mais em meio ao tudo de menos, QUALQUER PESSOA COM MAIS DE 18 ANOS pode conseguir o REGISTRO DE JORNALISTA PROFISSIONAL neste PAÍS DO FAZ DE CONTA…

Todavia, se desejar tem o REGISTRO COMO JORNALISTA DIPLOMADO terá que cursar uma FACULDADE DE JORNALISMO e depois de 4 longos anos vai ter condições acadêmicas de conseguir o REGISTRO COMO JORNALSITA DIPLOMADO…

Entendo que a FACULDADE por meio do ENSINO SUPERIOR oferece aquele algo mais que o MERCADO não tem condições de oferecer, ou seja, a REFLEXÃO CRÍTICA sobre o contexto GLOCAL, a saber: DO GLOBAL PARA O LOCAL em tempo de pós-globalização midiática…

Faz-se necessário por meio de pesquisas e leituras nestes 4 anos de Curso de JORNALISMO saber conectar o passado com o presente por meio de uma conexão com o futuro, utilizando fatos e outras questões nas Áreas da HISTÓRIA, FILOSOFIA, PSICOLOGIA, ANTROPOLOGIA, TEORIAS DA COMUNICAÇÃO, REDAÇÃO JORNALÍSTICA, LÍNGUA PORTUGUESA etc…

Sendo assim, fica mais do que complicado debater isto ou aquilo com quem não reproduz o famigerado SENSO COMUM em terras provincianas, também, o que determina isto ou aquilo em todas as áreas do mercado é a COMPETÊNCIA neste VELHO TEMPO NOVO…

_____________________________________

(*) Bacharel em Comunicação Social com habilitação em JORNALISMO pela FCS/IMS de SBCAMPO-SP (1980/1983), Desenvolveu atividades nas áreas de Assessoria de Imprensa e  Consultoria em Comunicação Organizacional, também, como Pesquisador-Colaborador da CÁTEDRA UNESCO/METODISTA DE COMUNICAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL (1.998/2.018). Coordenador do DE.COM/FAI (2.001/2.008), Diretor/Jornalista Responsável pela RÁDIO CULTURA FM/FAI, NÚCLEO MIDIÁTICO, SITE DA FAI, JORNAL DA FAI e REVISTA OMNIA (1.999/2.008). Autor de mais de 2.500 artigos publicados em jornais, revistas e mídias digitais. Articulista dos sites: LIFE FM e ADAMANTINA.NET (Adamantina), ACONTECE OESTE (Osvaldo Cruz), JORGE ZANONI (Dracena) e FANPAGE EMPÓRIO SEBAR. Professor Concursado da UNIFAI (desde 2.001).

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional