Vereador pede estudos da Prefeitura para construção de novo Cemitério Municipal

 

 

No começo deste mês de outubro foi anunciado pela Prefeitura de Adamantina o fim do espaço para abertura de novas sepulturas no Cemitério Municipal e, consequentemente, o início do uso do sistema vertical.

Diante destas situações, o vereador Aguinaldo Pires Galvão solicitou na sessão ordinária da Câmara realizada na noite da última segunda-feira (21) que a Secretaria de Finanças viabilize estudos para adquirir terreno destinado à construção de um novo Cemitério Municipal.

“Se não tem mais como ampliar a atual, então precisamos que a Prefeitura compre uma área e faça outro cemitério, nos moldes convencionais, com as sepulturas no chão. E ainda, porque essa saída encontrada (sistema vertical) também tem prazo de quatro anos para atingir a capacidade, como foi publicado pela própria Prefeitura”, destacou o autor do pedido.

Três semanas atrás começou a ser usado o conjunto de 104 gavetas, instalado na parte do fundo próximo ao portão do Cemitério Municipal.

O sistema vertical é equipado com tubulação que faz a troca gasosa e a descontaminação, regulado por registros e operado por motor, que são responsáveis em filtrar os gases e acelerar a decomposição dos corpos.

O projeto elaborado pela Prefeitura conta com a instalação de até 400 gavetas. Portanto, outra estrutura deve ser construída, por uma empresa especializada – contratada por meio de processo licitatório, como ocorreu antes –, para abrigar as outras 296 gavetas previstas.

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional