Ofensas em rede social contra Sabiá e o prefeito Márcio Cardim viram caso de Polícia

A manhã desta terça-feira (22), começou agitada e com a ida do radialista e jornalista Jonas Bonassa – o “Sabiá” e o prefeito Márcio Cardim ao 1º Distrito Policial de Adamantina para o registro de uma ocorrência contra a página “O Povo adamantinense” no facebook.

A reportagem do adamantinanet.com.br e Folha Regional Adamantina estiveram presentes e acompanharam a chegada do prefeito e do radialista na recepção da Polícia Civil.

Segundo as vítimas, Sabiá e Márcio, que estiveram acompanhados do reitor da UniFAI, Prof. Dr. Paulo Sérgio da Silva, que também foi qualificado no boletim de ocorrência como testemunha do caso, ambos foram vítimas de ofensas e outros tipos de publicação na citada página que inclusive foi retirada do ar na noite de ontem (21).

FOTO: Reitor da UniFAI é testemunha no caso e acompanhou Sabiá e o prefeito Márcio Cardim na Delegacia

Os denunciantes portavam ainda cópias impressas de todo o material publicado na rede social que foram entregues à Polícia Civil contendo ofensas, sátiras, entre outros.

O prefeito Márcio Cardim lamentou os ataques e disse ainda que “é necessária uma conscientização da população e internautas de uma maneira geral quanto ao uso consciente e responsável das redes sociais, está nítido que todas as postagens realizadas na página têm o único e exclusivo intuito, de atrapalhar o desenvolvimento de Adamantina, tudo isso feito por pessoas mal intencionadas e que usam de perfis ou páginas sem identificação para promover tais ofensas”.

Já Sabiá, informou à reportagem que a investigação vai confirmar o proprietário da página que inclusive já conta com suspeitos. “Tenho ampla credibilidade em Adamantina e região e o meu maior orgulho é ser radialista e jornalista. Não vou aceitar em momento algum ser ofendido no exercício de minha profissão”, destacou. https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/72814247_567117510760611_5933065825534607360_n.jpg?_nc_cat=104&_nc_oc=AQkJPODhtXB-pAXsP1jexDrUIIap27dzKm9-Nu3rfwEBhMYlbP4ZhQFlWVv7Q-YhZY8&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=0452ba1100b57df3f65736dfdd6a973c&oe=5E2B1C28

INVESTIGAÇÃO

Nossa reportagem falou sobre os fatos com o delegado responsável pelo caso, Dr. Rodrigo Pigozzi Alabarse, responsável pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Ele informou que ainda existe muita coisa para ser analisada. “Recebemos cópias e várias informações acerca do ocorrido e abrimos um procedimento investigatório visando chegar aos autores e responsáveis pela página na rede social”, destacou.

Um boletim de ocorrência de calúnia, difamação e injúria foi registrado e com isso, as equipes começam a trabalhar no caso.

“Assim que esclarecermos a autoria, encaminharemos o caso para o Núcleo Especial Criminal (Necrim) que vai prosseguir com os trabalhos de Polícia Judiciária”, finalizou Dr. Rodrigo.

FOTOS: Diego Fernandes/adamantinanet.com.br – Folha Regional Adamantina

https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/67603473_522091828596513_7311051798364553216_o.jpg?_nc_cat=105&_nc_oc=AQmB3thxoT48y8_ufg_fsmV7YbPy9WcRKxYbMwmXD-pGYjxBK0e6-NlXJNl9mJOPETY&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=5c1d92ecf82ee4b395e12cc6612236b4&oe=5E5A51BA

 

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional