Ministério da Saúde aprova readequação do prédio da UPA para funcionamento do CIS em Adamantina

 

 

Em despacho publicado hoje (16) pelo Ministério da Saúde e assinado pela diretora do departamento de economia da saúde, investimentos e desenvolvimento, Maria Eridan Pimenta Neta, a Prefeitura de Adamantina conseguiu a readequação do prédio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para uma policlínica. Agora, funcionará no local o Centro Integrado de Saúde (CIS).

A readequação foi aprovada tendo como embasamento a nota técnica 78/2019-CQIS/CGES/DESID/SE/MS publicada em julho e que foi baseada em toda a documentação encaminhada pelo município.

A Coordenação Geral de Atenção Especializada – CGAE/DAET verificou que foi apresentado como justificava para a alteração solicitada os seguintes esclarecimentos: a Prefeitura de Adamantina informou que não dispõe de viabilidade financeira para arcar com os custos para a abertura e manutenção de uma UPA e para alteração do objeto de Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Porte I para a instalação de uma Policlínica, a Prefeitura encaminhou a aprovação pelo Conselho Municipal de Saúde, pela Comissão Intergestores Regional e pela Comissão Intergestores Biparte.

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/67603473_522091828596513_7311051798364553216_o.jpg?_nc_cat=105&_nc_oc=AQl42I5gkrGneWutU0xJl7uT5sTVwZPMYbq7p47vvuEAgVC5JopL811FLE5YZPtfvHQP7eSK_Ebf8R8n75PxVugc&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=ebdd56aa120cfe308cbda58bf2120cc1&oe=5E32C4BA
De acordo com a documentação complementar encaminhada como resposta a Secretaria Municipal de Saúde de Adamantina, a coordenação-geral de atenção básica verificou também que haverá a transferência do Centro de Integrado de Saúde – CIS – registrado no CNES nº2083663, para o imóvel construído como Unidade de Pronto Atendimento UPA Porte I e essa é uma solicitação que atende o parecer técnico.

A publicação ocorre após visita do prefeito Márcio Cardim e do deputado federal Enrico Misasi ao Ministério da Saúde em Brasília.

“Após muita luta conseguimos liberar esse espaço que a partir de agora possibilitará o atendimento dos munícipes sem que seja preciso pegar a estrada rumo a Marília e Tupã. Esse trabalho é fruto do esforço também do secretário de saúde, Gustavo Taniguchi Rufino e toda a sua equipe para que toda a documentação fosse aprovada em todos os conselhos”, afirma o prefeito.

No local, foram investidos em torno de 80 mil reais em recursos próprios para a adequação do espaço.

No CIS, os munícipes terão acesso aos serviços de fisioterapia, nutrição, psicologia, fonoaudiologia, pediatria, cardiologia, infectologia e ginecologia e obstetrícia prestados pelos profissionais da Prefeitura.

Os alunos de medicina da UniFAI em regime de internato atenderão nas especialidades de oftalmologia, reumatologia, cardiologia, neurologia, dermatologia, endocrinologia, ortopedia, gastroenterologia e moléstias infecciosas. Já no período das 17h30 às 20h de terça, quarta e quinta-feira funcionará o ambulatório de alergias, obesidade e gestantes de alto risco.

 

Jornalista Natacha Dominato

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ADAMANTINA

 

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional