Prefeitura fecha segundo quadrimestre com superávit, segundo Secretaria de Finanças

 

 

No segundo quadrimestre do exercício de 2019 o Município de Adamantina fechou as contas com uma sobra de receita frente às despesas (superávit) de 15,37%, o que equivale a R$ 19.183.362,51. Total gerado pela arrecadação de R$ 124.835.162,63 e gasto liquidado de R$ 105.651.800,12.

Isso corresponderia à Prefeitura, Câmara e UNIFAI. Agora, se separado apenas o Executivo, também houve superávit de 5,50%. Ao longo dos quatro meses (maio, junho, julho e agosto) o Município aplicou percentual maior nas áreas exigidas: 26,09% na Educação – o mínimo era de 25% – e 23,81% na Saúde – o mínimo eram 15%. Já o maior gasto foi com pessoal, o que representou 48,51%, portanto, R$107.077.636,12.

Outro dado muito positivo revelado na Audiência disse respeito ao saldo bancário da Prefeitura, que tem R$ 10.117.248,40, dos quais R$ 10.108.273,11 são recursos vinculados e R$ 6.849.710,99 de contas a pagar.

Os números foram divulgados pelo Diário e apresentados à população pela Secretaria Municipal de Finanças durante a Audiência Pública realizada na noite da última segunda-feira (30), no plenário da Câmara, para Avaliação do Cumprimento das Metas Fiscais, em atendimento a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Conduzida pelo secretário João Lopes de Oliveira, a reunião contou com a presença dos vereadores Dinha Santos Gil (DEM), Aguinaldo Galvão (DEM) e Alcio Ikeda (PODE).

 

Fonte: Jornal Folha Regional Adamantina

 

https://folharegionaladamantina.com.br/anuncios/www/images/33b28e54fb60fbe6e7717697861499f3.jpg
 

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional