Município devolverá R$ 230 mil ao MS e deve receber autorização para funcionamento do CIS

 

 

Uma expectativa foi criada na solução do impasse relacionado ao Município obter do Ministério da Saúde o aval de uso do antigo prédio da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para colocar em funcionamento o CIS (Centro Integrado de Saúde).

Em entrevista à TV Folha Regional nesta semana o secretário municipal de Saúde, Gustavo Tanigu-shi Rufino, revelou a chegada sexta-feira (27) de documento do MS solicitando qual valor Adamantina tem a ser devolvido ao Governo federal para se efetivar a assinatura da autorização relacionada ao imóvel.

“Existe hoje na conta bancária R$ 230 mil, como saldo remanescente do recurso destinado pela União para a construção do prédio e aquisição de equipamentos. Pretendemos fazer a devolução ao Ministério ainda nesta semana. E então ficaremos no aguardo de uma breve boa notícia sobre a utilização do imóvel, finalmente”, relatou.

https://media.giphy.com/media/Y4WXaSw7sYnAfn0A2L/giphy.gif
Gustavo também afirmou que o prédio está pronto e todo equipado. O município fez todas as adequações necessárias no prédio, reparação da pintura interna e externa, troca dos batentes, instalações elétricas, telhado, rede de esgoto e outras.

Todas as melhorias realizadas foram executadas pela Prefeitura e pelo Poder Judiciário por meio de parceria com os reeducandos do Centro de Progressão Penitenciária de Pacaembu.

“Funcionarão lá 12 especialidades médicas que virão ao encontro do que a população precisa hoje. O CIS não será como uma UBS (Unidade Básica de Saúde), e sim um centro de especialidade médicas, ou seja, como um AME (Ambulatório de Especialidades Médicas) apenas de Adamantina”, explicou.

 

Fonte: Jornal Folha Regional Adamantina

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional