Connect with us

Cidades

8º Encontro por uma Cultura de Paz e 3º Simpósio Regional de Prevenção e Posvenção do Suicídio discute ações preventivas e cuidados com a saúde na UniFAI

Publicado

em

 

 

A Rede Promover Vida, um coletivo de instituições, profissionais e pessoas em prol da vida de Adamantina (SP) da qual o Núcleo de Psicologia do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) é membro e articulador, reuniu 500 inscritos de 50 municípios em dois dias de programação, no 8º Encontro por uma Cultura de Paz e 3º Simpósio Regional de Prevenção e Posvenção do Suicídio.

Os eventos, que ocorreram junto às pró-reitorias de Ensino, Pesquisa e Pós-Graduação, e Extensão da UniFAI, contaram este ano com tradução simultânea em Língua Brasileira de Sinais (Libras) por professores intérpretes da Diretoria Regional de Ensino de Adamantina e da UniFAI.

Realizada no Câmpus II nos dias 24 e 25, em cinco períodos, a programação gratuita registrou palestras, rodas de conversa, oficinas, minicurso e apresentação de trabalhos em formato pôster.

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/69415354_527415181397511_4616152372098367488_o.jpg?_nc_cat=110&_nc_eui2=AeGHoa-w29faNQdYEty5CrzjXHY-U5yFuzOUYFUKb2sDZTrSqezJybXS5xtsmaT7dztp2_65Fj7Wn5Q2WD34H9uYg2R22lKIXbhvw3Q04MgqrQ&_nc_oc=AQkiFLbw-1BVF72VcG8PXAHq3N91d_F7730ZkQnXVGn2R6Sxkh9OdfP63ICBfmN1Ty9No58Ny3UUTRaDTo9XKs5E&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=0fa572a71904729ff25b199500578d18&oe=5DF8036A
Os eventos visam a capacitação teórica e técnica de profissionais e comunidade para refletir, pensar e agir adequadamente em situações de risco de suicídio ou quando na ocorrência de tentativas e suicídios, bem como a socialização de experiências, dúvidas, acertos e a construção coletiva de ações que favoreçam a saúde de todas as pessoas envolvidas, tanto em ambientes profissionais quanto pessoais.

A supervisora de estágio, coordenadora do Núcleo de Psicologia da UniFAI, membro e articuladora da Rede, Profª Ma. Ana Vitória Salimon dos Santos, teceu comentários quanto aos eventos.

“O encontro/simpósio registrou presença maciça e ativa de participantes nos cinco períodos e foi, a meu ver, de excelente qualidade. A programação foi ampla, abordando intervenções em comportamento suicida (intervenção, prevenção e posvenção), diferenciação de atos lesivos sem intenção suicida e tentativas de suicídio, cuidados com a saúde dos profissionais que atuam em serviços públicos ou privados, das famílias que vivenciam esta questão e também da comunidade impactada”, afirmou.

Ana Vitória reforça que o trabalho atua na perspectiva crítica de que o comportamento suicida é a expressão de modos de vida em sociedade, numa complexidade biopsicossocial e que também deve ser abordado de forma complexa e responsável.

“Atualmente em nome da campanha ‘setembro amarelo’ muitas ações têm sido realizadas para públicos diversos, inclusive crianças, algumas bem fundamentadas e outras com informações distorcidas e que podem acarretar consequências danosas. No encontro, podem-se discutir cuidados para intervenções responsáveis, especialmente na construção de serviços de atenção às pessoas como respaldo para suas necessidades, ao invés de somente motivar a falarem sobre elas e, especialmente, se discutiu a necessidade, antes ainda da prevenção do suicídio, de se promover saúde”, frisou.

De acordo com Ana Vitória, a organização do encontro contabilizou mais de 100 pessoas. “Foi de uma qualidade ímpar as ações em coletividade, com solidariedade, afetos e respeito, bases essenciais para ações transformadoras e promotoras de vida

Agradeço imensamente a todos os que somam conosco, Rede Promover Vida”, ressaltou.

 

Por Priscila Caldeira

 

https://i2.wp.com/media.giphy.com/media/Y4WXaSw7sYnAfn0A2L/giphy.gif?w=740&ssl=1
 

Publicidade

Mais Lidas