Projeto de Eficiência Energética é entregue pela Energisa para Adamantina

Objetivo da iniciativa é utilizar resíduos de podas de árvores e resíduos orgânicos das cozinhas das escolas para serem destinados a Agricultura Familiar

Ações sustentáveis, de preservação do meio ambiente e que contribuirão para o desenvolvimento econômico de diversas famílias do município de Adamantina. Esse é objetivo do Projeto de Eficiência Energética (PEE) da Energisa Sul-Sudeste, regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), e que foi entregue oficialmente para a cidade nesta sexta-feira, 06/09, durante a Expoverde. A iniciativa visa o aproveitamento dos resíduos de poda de árvores e os resíduos orgânicos das cozinhas das escolas municipais para serem transformados em adubo e destinado à população por meio do programa Agricultura Familiar e para os participantes dos programas sociais da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social. O PEE, inédito no país, tem como objetivo o incentivo à agricultura sustentável e a diminuição do lixo urbano produzido na cidade.

“A Energisa Sul-Sudeste realiza diariamente podas em árvores próximas ou em contato com a rede elétrica para evitar interrupções de energia durante temporais. Os galhos cortados são triturados logo após a poda, e o resíduo dessa poda ganhou essa utilidade mais sustentável. Ele será incorporado aos resíduos das escolas e, após a compostagem, será destinado para as famílias. Por isso estamos entregando para o município um caminhão, um compostador e um trator. Com esses equipamentos o trabalho poderá ser executado da melhor forma pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente”, destaca Thiago Peres de Oliveira, especialista em Eficiência Energética da Energisa e um dos responsáveis pelo projeto.

A parceria também será extremamente importante para a distribuidora. “Com essa iniciativa ganhamos um local e um projeto muito relevante para o descarte correto e sustentável dos resíduos de poda de árvore, além de contribuir para a preservação do meio ambiente”, comemora Thiago.

O projeto é uma parceria entre Energisa Sul-Sudeste, Prefeitura Municipal e Centro Universitário de Adamantina (UNIFAI). “O PEE vai beneficiar a agricultura familiar do município, pois temos uma força muito grande nessa área e os nossos produtores precisam desse apoio. Além disso, vamos trabalhar a educação ambiental nas escolas municipais, pois vamos recolher o material orgânico e juntar com os galhos triturados. Teremos o apoio da UniFAI por meio do trabalho de pesquisa e de extensão para composição de um adubo de qualidade que será distribuído gratuitamente”, enfatiza Márcio Cardim, prefeito de Adamantina.

Vale destacar que a reutilização de resíduos, denominada compostagem, tem a função de eliminar parte do problema dos resíduos sólidos urbanos, dando destino útil e evitando a acumulação dos mesmos em aterros ou lixões. Neste PEE a empresa investiu cerca de R$ 700 mil e a estimativa é produzir cerca mil toneladas de adubo nos dois anos do projeto.

https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/53229532_2007697412682648_8804462762416668672_n.jpg?_nc_cat=111&_nc_oc=AQn29XdUVF1glEiN6phjsTVGXeQaLwXcgCEabTY5qElKYsQSUJG2Vy-fMrR8ehGzHO8&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=9ad3920868508b36d56a29003531301d&oe=5DCC90BB

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional