Connect with us

Cidades

Atraso na liberação de funcionamento do CIS foi causado por revogação de comissões do MS

Publicado

em

Em entrevista ao site Clikar o prefeito Márcio Cardim explicou, em tom de indignação, o que a troca de governo causou na autorização de uso do antigo prédio da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para funcionamento do CIS (centro Integrado de Especialidades).

A fala ocorreu após viagem do chefe do executivo a Brasília e visita ao Ministério da Saúde. “Detectamos que a Portaria nomeando as comissões na época do ex-presidente Michel Temer foi revogada pelo atual presidente Jair Bolsonaro, o que prejudicou nosso pleito, uma vez que já havia parecer favorável para a readequação do prédio de UPA para CIS. E com essa iniciativa presidencial veio por água abaixo todo o trabalho anterior. Então foi boa a nossa presença lá, porque eles entenderam o nosso problema e se colocaram à disposição em verificar rapidamente a Portaria, só precisa antes ser nomeado o Conjur (Conselho Jurídico) do MS para emitir pareceres. Olha o tamanho do imbróglio”, reportou Cardim.

O município fez todas as adequações necessárias no prédio, reparação da pintura interna e externa, troca dos batentes, instalações elétricas, telhado, rede de esgoto e outras. Todas as melhorias realizadas foram executadas pela Prefeitura e pelo Poder Judiciário por meio de parceria com os reeducandos do Centro de Progressão Penitenciária de Pacaembu.

https://i2.wp.com/media.giphy.com/media/QxevLae7xcZlzhCaoH/giphy.gif?resize=415%2C415&ssl=1
“Há vários meses estamos com este pleito e tudo aprovado, mas ainda dependemos do Ministério da Saúde fazer a publicação da Portaria Ministerial dando a autorização. Agora conseguimos desvendar o mistério e estamos empenhados em acompanhar e cobrar. Não estamos pedindo recurso e nem infraestrutura, mas precisamos apenas um papel para a liberação, porque não podemos ingressar no prédio sem estra autorização. E a resposta que tivemos é que o mais rápido possível isso acontecerá”, previu o prefeito.

No CIS, serão disponibilizados à população os serviços de fisioterapia, nutrição, psicologia, fonoaudiologia, pediatria, cardiologia, infectologia e ginecologia e obstetrícia prestados pelos profissionais da Prefeitura.

Também, os alunos de Medicina da UniFAI em regime de internato atenderão nas especialidades de oftalmologia, reumatologia, cardiologia, neurologia, dermatologia, endocrinologia, ortopedia, gastroenterologia e moléstias infecciosas.

No período das 17h30 às 20h de terça, quarta e quinta-feira funcionará o ambulatório de alergias, obesidade e gestantes de alto risco.

 

Fonte: Jornal Folha Regional Adamantina

 

https://scontent.faep12-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/67743378_513063162832713_1280894350158462976_n.jpg?_nc_cat=100&_nc_oc=AQngaPRQaNjeWQzYZSS4ssmpzJiDzL0BU6Ow1FA28KUE9de_v5sX8rXOmC9sxxAVaWJYPDU-TlQE9EGb8S1Kw0ag&_nc_ht=scontent.faep12-1.fna&oh=0b6f6ec66b7cbd1efc3aa8eeae99ee8b&oe=5E13D013

Publicidade

Mais Lidas