Connect with us

Cidades

Secretaria esclarece reclamações sobre falta de médicos nas unidades de saúde

Publicado

em

Três pacientes procuraram a Redação do Folha Regional sexta-feira (19) e contaram que por duas vezes na semana passada estiveram no PAS I (Posto de Atendimento em Saúde) próximo ao Campus I da UNIFAI e no ESF (Estratégia da Saúde da Família) do Conjunto Habitacional Mário Covas – dois em busca de consulta e um para solicitar receita de medicamento de uso contínuo –, mas não conseguiram o atendimento necessitado. Isto, segundo informado, devido à falta de médicos nas unidades.

De posse das reclamações a reportagem procurou a Secretaria Municipal de Saúde por meio do Setor de Comunicação da Prefeitura para obter respostas.

Conforme a SMS, todas as unidades básicas de saúde têm médicos. “No PAS I, os médicos que atendem no local precisaram se afastar por motivos de saúde, mas já retornaram as suas atividades. No ESF do Mário Covas, também são duas médicas que atendem, porém, uma delas está afastada por licença maternidade e a outra como é vinculada ao Programa Mais Médicos, portanto, tem a prerrogativa de poder se ausentar dois períodos da semana”, explicou o responsável pela pasta Gustavo Rufino.

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/61637796_468199810652382_8548066718222647296_o.jpg?_nc_cat=109&_nc_eui2=AeEPjR5tYtI0top3o-M5aQ5ThyknPzJVUCmDPHgx-NqF1doFe32Uta6N8XvlZuYOz1mo5Ifwz78JMrqEO9c9kgdPi4PQVFcrHRII9oJs1IgOuQ&_nc_oc=AQme_U5wX-o1E5GLrtZRy0DGsaWfyxRKQXX1P-iGSADXjshZ6JlbOMu5NPR9fOWdekd8idZYS5bUnA9cQmDRk_uy&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=6a83fde334e0492e62609e79044de884&oe=5DAA46BE
Ao todo, o município conta hoje com 11 médicos para atendimento da população nos postinhos dos bairros.

“Para evitar que a população fique desassistida, está sendo feito rodízio dos médicos em todas as unidades do município”, acrescentou o secretário. E completou: “Todos os dias têm médicos nas unidades de saúde, porém como existe a prerrogativa da ausência por dois períodos aos médicos do Programa Mais Médicos e afim de evitar que a população fique desassistida durante um dia completo, a falta é fracionada em dois períodos, com isso sempre tem médico à disposição da população no período da manhã ou tarde. Sem contar que todo o atendimento prévio é executado pela equipe que atua na Unidade Básica de Saúde”.

Na manhã da última quinta-feira (5) a reportagem entrou em contato com os reclamantes e verificou que dois deles havia conseguido consulta e receita solicitadas. O terceiro ainda não (consulta).

Desde segunda-feira (22) os alunos do curso de Medicina da UNIFAI estão auxiliando nos serviços prestados aos pacientes das unidades básicas na Vila Cicma, no Jardim Brasil e no Cecap, o que possibilita o aumento do número de atendimentos.

 

Fonte: Jornal Folha Regional Adamantina

 

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/64569133_479630372842659_3928320381915496448_o.jpg?_nc_cat=105&_nc_eui2=AeEbrReX0GG_FzNkRN9P6sFweZ2pOxCfhSxfEDyQerlPrHDdoUKn4jZZ_plLmuIzgwfhveyNNd3D2aV7bVeJgsc9ffjXBQ5uSJAwyJm7Bi-ipQ&_nc_oc=AQnBilHkIt0vgqvvOhIceAIqM_Ggl9wC27Un9mIa6TelJ215qF4CLb8ngjdIgbf8TrdStL1CEl6Y-BN-taWhmYOi&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=1bf9bad811d734ffde600d3986c4f3ef&oe=5DA6EE91

Publicidade

Mais Lidas