ARTIGO: Pedágios e mais pedágios – Para quem mesmo?

Analisando o atual cenário de pedágios da SP-294

***
Logo quando se iniciaram as discussões acerca das possíveis praças de pedágio a serem implantadas aos longo da Rodovia SP-294, Comandante João Ribeiro de Barros, comentei sobre a insatisfação dos populares locais. Mas, é claro que independentemente de insatisfações, na última semana foi lançado o edital para concessão do referido trecho.

Mesmo já tendo escrito e falado sobre o tema, aqui ou acolá, vejamos alguns pontos, que podem ser analisados, e aqui cito o que escrevi em outrora, para elucidar a questão:

“[…] os pedágios são uma, das iniciativas de se investir em infraestrutura viária, quando o Estado ‘não tem condições’. Isso quer dizer que na teoria, os investimentos em melhorias pontuais nas rodovias devem ficar a cargo da empresa ao qual o trecho da rodovia em questão foi concedido.”

                      CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t1.0-0/p206x206/61442902_468199843985712_1398783505852268544_o.jpg?_nc_cat=107&_nc_eui2=AeFhQsYMhl8vusHTdwULYZfW0rN9DUfHDQodRXU1HkKM28lXLZk1KNiL5lt5QfiNjG2NZbgZogCdbI0eTF9H-dw7YNCbBMJrgDw8D8AbKf_kUA&_nc_oc=AQkii8RrMO_SBPJPz00vcMmzWGJXN6gbyG7cI85RCZu4IcyBFsM-PquTgFLeC2QkYJ8&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=ae6ace1344ccfe69f65aa4ff7d7feee5&oe=5DEAE099

            Pois bem… E o que é feito com o dinheiro do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) (Pelo menos aqui em São Paulo)? Sabe-se que ao menos 50% deve ser destinado aos municípios onde o veículo é registrado e o restante é dividido entre o Estado e a União. Com tanto veículo rodando pra e lá e pra cá, fico a me perguntar se realmente essa conta não está fechando mesmo. Afinal, São Paulo reune os maiores índices de arrecadação do país, devido a maior frota (Ah… e estamos falando somente do IPVA, mas claro que existem outros tantos impostos). Acredito que falta “um pouquinho de transparência”, não é mesmo?

Bom pessoal, não paramos por aí! Há de se ressaltar que cerca de 20% das tarifas de pedágio também são impostos e compõem parte do orçamento destinado aos municípios. Assim, o que percebo e como já falado em outrora, o que está se presenciando ao longo destes últimos meses, é nada mais, nada menos do que uma luta incessante das lideranças locais em garantir a sua “maior fatia da pizza”.

E quanto a mim ou você? Como já sabemos, vamos acabar pagando cada vez mais por um serviço que já está pago (Pelo menos o dinheiro sai da minha conta e vai para o do Estado!), afinal todo começo de ano chegam os valores do IPVA e outros impostos mais.

Quanto as nossas lideranças estaduais e locais (principalmente), penso que no momento em que precisariam rever tudo isso, analisar os impactos (principalmente para com quem paga a conta!), ver os prós e contras, “pouco fizeram”. Mas, como sabemos, em São Paulo tudo parte de “cima para baixo” e mais uma vez quem será onerado com tudo isso, somos nós! E como diria o meu caro Sérgio Barbosa: “Quem pagar, vai passar!”

Tiago Rafael dos Santos Alves
Professor e Historiador
Membro Correspondente da ACL
tiagorsalves@gmail.com

https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/67341357_2549646595099667_2960711559191461888_n.png?_nc_cat=111&_nc_eui2=AeFPoPatvcLqz2UTqxrkx7kbPT58cVWTaY7Me__DUs012PZVroaV0agJSoJ6mcMwKlWXfSscg05b1I_-CUIO84Zq3K-G0pXHEXBYThP2APu1Dg&_nc_oc=AQkAU36GjJT3eEeiYn3zJPQU4R5hBE5h6GEdlGhMp8_PAJ50tP40S7ellha9Mq6jMH0&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=dd34c5fd742214e15a37d678edd96eb8&oe=5DACD991

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional