Adamantina participa de audiência pública que trata sobre Plano Plurianual e Lei Orçamentária Anual do Estado

Foi realizada na manhã de terça-feira (16), em Presidente Prudente uma audiência pública estadual com o objetivo de tratar o Plano Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária Anual do Estado de São Paulo (LOA).

A oportunidade serviu para que os prefeitos, vereadores e a sociedade civil apresentassem suas sugestões e reivindicações a respeito do orçamento, que é o principal instrumento de planejamento.

O prefeito Márcio Cardim e a secretária de gabinete, Luciana Pereira, representaram a cidade de Adamantina no encontro. Em sua fala, o prefeito pediu que o governo destine investimentos para a Saúde, por meio das Santas Casas, como forma de torná-las referências em atendimento a saúde nas micro-regiões.

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/61456923_468199220652441_6405473186841886720_o.jpg?_nc_cat=110&_nc_oc=AQn0xpS-lZh9Zy9m8NkcAa9xyyOYdeNCH142mf15nCUzFwBzGP8Ii5vIbG82UwmRTanT-17DFfPWr3Q_iLhYo-zC&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=ca2a21bd0f4535cbb6fb632783e4b9e8&oe=5DBEBDB1
Além disso, foi solicitado ainda mais programas destinados a agricultura levando em consideração as características regionais e, ainda, foram solicitados investimentos em educação superior por meio do aumento de vagas nas Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo (FATECS).

Conforme explica Maurício Hoffmann, assessor técnico do estado, o Estado avalia em encontros como esse as ações que serão desenvolvidas em todas as áreas.

As audiências públicas são realizadas em todas as regiões do estado, pois cada uma possui características e necessidades diferentes que precisam ser ouvidas. A partir disso, o governo do estado de São Paulo estabelecerá aquelas consideradas mais estratégicas.

Segundo o assessor técnico do Estado, o Brasil ainda não se recuperou da crise, mas a expectativa é que a partir de 2020 a recuperação da capacidade de investimento seja retomada ainda que de forma lenta.

A execução do PPA além de planejar serve para dar transparência às ações do Estado, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) visa dar orientações e controlar tudo o que é executado e a LOA feita de forma prévia é a mesma lei que assegurará a execução de todas as iniciativas governamentais.

 

Jornalista Natacha Dominato

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ADAMANTINA

 

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/62019222_468199280652435_335197333887123456_o.jpg?_nc_cat=104&_nc_oc=AQl4Vd1yVJRwDoKfmIbtjicm3jQ6vyFRyR2fVanVuxTHZuCAINB8-0Dd8wbkly-xZ6s7fhfAf0qETXMAbz3f2SkY&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=f30b049366e63885688745e500cc9ef0&oe=5DBB31B0
 

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional