Com 240 metros já abertos, implantações da base e das aduelas devem começar esta semana

Em conversa com a reportagem do Folha Regional na manhã de quinta-feira (4) o secretário municipal de Obras, Wellington Zerbini, informou que houve uma paralisação temporária nas obras de substituição da galeria de águas pluviais que passa debaixo do Parque dos Pioneiros, no entanto, a expectativa é que os serviços sejam retomados nos próximos dias.

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/53589930_417514939054203_5898948623969812480_n.jpg?_nc_cat=100&_nc_eui2=AeFYVOvW7yO5IqyLNVeDEOgRZeRJRuYhv3OnqZV0_gTlb3Px4sEsr_Sven8VLI-KgfIjv1fqJjloaNedF8BHT_kahFN3dT_jcxqXEQSZJdPz3w&_nc_oc=AQl4OBqd1d8Ezo0Phop2uT_8sNQ_q3INWpJUQH_qw0FZ0vsEKgJ2gC5l6wXQPf5-T9LbOFv1UP5oamOy56MPnjMk&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=e39263a704488ef3c9161ad593c81fc4&oe=5DB8AA40
“Tivemos que interromper os trabalhos por poucos dias devido à algumas adequações que precisamos fazer na Usina de Reciclagem de Lixo em razão do fechamento do Aterro Sanitário Municipal, mas acredito que a partir da semana que vem já vamos voltar com força total no Pioneiros”, explicou.

Zerbini revelou também que já foram abertos cerca de 240 metros lineares e retirada a deteriorada tubulação antiga para liberação do canal, agora, nesta retomada será iniciada a fase de colocação da base para em seguida começar a serem instaladas as aduelas de concreto.

O processo de execução consiste na colocação de pedra rachão e brita, executa a instalação de aduelas, realiza o rejunte com massa de cimento e aplica a manta. Para finalizar a obra, as aduelas são aterradas. Ao todo, serão instaladas no local cerca de 460 peças de dimensões 3 metros por 3 metros em uma área de mais de 480 metros de extensão.

“Conforme o projeto, vamos fazer a montagem no sentido inverso ao fluxo da água, do meio do Parque para o começo, de forma que se houver uma chuva intensa durante a implantação as aduelas não corram o risco de serem arrastadas e o serviço perdido”, acrescentou.

A obra não tem um prazo de conclusão, porque a execução depende de condições climáticas favoráveis. Porém, as equipes da Prefeitura estão empenhadas em priorizar esta obra de suma importância para o município.

Para a execução, o Município financiou R$ 2 milhões junto ao Desenvolve SP – Agência de Fomento do Estado de São Paulo em dezembro de 2018.

O prazo de pagamento é de 72 meses e tem carência de um ano. Além da mão de obra da Secretaria Municipal de Obras, em razão da complexidade das obras, a Prefeitura de Adamantina precisou contratar serviços de mão de obra especializada para assentamento e rejuntamento das aduelas, o que necessitou a realização de processo licitatório por meio da Carta Convite 03/2019 (Processo 44/ 2019) e a vencedora foi a empresa Copel Construções, Indústria e Comércio Ltda., no valor de R$ 248.630,00, conforme homologação publicada na quarta-feira (3).

 

Fonte: Jornal Folha Regional Adamantina

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/61105984_463052184500478_1138856530389499904_n.jpg?_nc_cat=110&_nc_eui2=AeFjWBr_gtt1v8k4cnDgVJ06a_1jgxbrC86nBVooIjOjjOEniKzfouazP91WeOekrj_kqfILQqMJqPL9IgOPZDfTQsgAkNc5YaAVzjwVMLI1cw&_nc_oc=AQlvCx_C05w93WMpG2w5kWLrptq-Yv3cZXd3rd6oos1adRQ-a75tEJ9CxIp0iE6BUafoxFbgvDKRZkEyX9au_yBs&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=15611b98cba545c01a4b4a09ef964aaf&oe=5DC51520

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional