Connect with us

Geral

Condenado por fraude em licitação, ex-prefeito de Lucélia se entrega à Polícia e segue preso na Cadeia de Adamantina

Publicado

em

O ex-prefeito de Lucélia, Carlos Ananias Campos de Souza, se entregou à Polícia Civil de Adamantina no início da tarde desta segunda-feira (24) – data em que a cidade que administrou entre os anos de 1997 a 2004 completa 75 anos. O ex-gestor foi condenado pelo crime de fraude em licitações na compra de software educacional.

A prisão de Carlos Ananias é resultado de nova condenação em um processo que teve início em 2005, na Justiça. Na decisão de 29 de maio deste ano, a juíza Lívia Martins Trindade, da 1ª Vara da Comarca de Lucélia, determinou a prisão do ex-prefeito, pois considerou vencidas as possibilidades de recurso.

O ex-prefeito já teve sua prisão decretada, neste caso, em 2017. Na época, Carlos Ananias obteve habeas-corpus que determinou a suspensão da execução provisória da pena até o esgotamento da jurisdição ordinária.

No último dia 29, a magistrada determinou a prisão do ex-gestor, conforme o Processo 0002022-53.2005.8.26.0326: “No tocante ao réu Carlos Ananias Campos de Souza, tendo em vista que não mais remanescem recursos na via ordinária pendentes de julgamento, ou seja, em 2ª Instância, cumpra-se a determinação do V. Acórdão (fls. 4504/4525), expedindo mandado de prisão em seu desfavor. Com a informação do cumprimento do referido mandado de prisão, expeça-se, com urgência, guia de recolhimento, encaminhando ao DEECRIM competente para execução da pena”.

Na manhã desta segunda, o advogado de defesa Rodrigo Fazan entrou em contato com a Polícia Civil de Adamantina informando que o ex-prefeito de Lucélia se entregaria no período da tarde de hoje, o que ocorreu. Ele está detido na Cadeia Pública de Adamantina, podendo ser transferido para o CR (Centro de Ressocialização) de Presidente Prudente já nesta terça-feira (25).

Carlos Ananias foi condenado, em primeira instância, a pena de quatro anos e um mês de detenção, no regime inicial semiaberto, e ao pagamento de 12 dias-multa.

Além de ex-prefeito de Lucélia, ele foi vereador em Lucélia por três mandatos, entre as décadas de 1970 e 1990, e é pai do atual prefeito Carlos Ananias Campos de Souza Júnior.

FONTE: GI Notícias

https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/61262260_2261173867311524_6676048661836726272_n.jpg?_nc_cat=104&_nc_oc=AQnHlbEkAeb5-SyGS9YXMRqLujebM0eFgRH9PbNCI3UQnaV-aO_G7WV2WcotPa9eU_I&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=7b1a162bf01a77bace6115e730ebcf7a&oe=5D815757

Publicidade

Mais Lidas