Connect with us

Geral

Comitiva da UniFAI visita hospital em Bragança Paulista visando melhorias para os cursos de Saúde na Santa Casa local

Publicado

em

Representantes do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) visitaram na semana passada o Hospital Universitário São Francisco de Assis (HUSF), em Bragança Paulista, ligado à Universidade São Francisco (USF).

A comitiva adamantinense foi composta pelo reitor da UniFAI Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, o pró-reitor de Extensão Prof. Dr. Delcio Cardim, o chefe do Departamento de Medicina Prof. Dr. Miguel Ângelo de Marchi, o responsável pelas atividades de internato Prof. Dr. Joel Carlos Lastoria, o diretor da Divisão Financeira da UniFAI Ricardo Sampaio Angeli e o diretor administrativo da Santa Casa frei Mateus Alves.

A ideia da visita foi conhecer a estrutura física, administrativa, financeira e acadêmica a fim de elaborar melhorias para a Santa Casa de Adamantina por meio da gestão dos freis da Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, visando o internato e estágios do curso de Medicina da UniFAI.

“Depois da visita, fizemos uma reunião com o [Prof. Esp.] Adriel [de Souza Cabral], pró-reitor de Administração e Planejamento da Universidade São Francisco, com o coordenador do curso de Medicina, Dr. Luiz Fernando [Ribeiro da Silva Paulin] e discutimos as questões das preceptorias, sobre estágios e estágios eletivos, sobre parcerias, aprendendo a partir desse curso, que tem nota 5 no Enade, e levando essa experiência para a UniFAI e para a Santa Casa de Adamantina”, contou o reitor.

Segundo o chefe do Departamento de Medicina da UniFAI, Prof. Dr. Miguel Ângelo de Marchi, a visita permite ter referências para o planejamento de ações junto ao curso de Medicina da Instituição.

“Lá nós pudemos ver as grandes melhorias que ocorreram após a chegada dos freis junto ao Hospital Universitário e como o relacionamento entre o hospital, a universidade e a faculdade [de Medicina] ocorreu com muito mais tranquilidade, harmonia e facilidade. Com os diretores nós observamos como ocorre a contratação dos docentes para que eles também possam trabalhar no hospital e conversamos sobre o sistema de atendimento do hospital, que é referência regional em muitas especialidades, além dos serviços de diagnóstico e terapêuticos, que são muito bons”, avaliou De Marchi.

“Conhecemos, ainda, o Laboratório de Simulação Realística da USF para aprender e equipar o nosso visando a melhor qualidade de ensino para os cursos da área de Saúde da nossa Instituição”, completou Paulo Sergio.

 

O hospital

Como Hospital de Ensino reconhecido pelo Ministério da Saúde e pelo Ministério da Educação (MEC), mantém a residência médica em 15 especialidades: Anestesiologia, Cirurgia Geral, Clínica Médica, Coloproctologia, Medicina Intensiva, Nefrologia, Neonatologia, Neurocirurgia, Obstetrícia e Ginecologia, Ortopedia e Traumatologia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Urologia, Cirurgia Pediátrica e Psiquiatria. Também é campo de estágio para os cursos da área de Saúde da Universidade São Francisco – USF como Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Odontologia.

Segundo dados disponíveis no site, o HUSF oferece 216 leitos para internações com apoio dos serviços de Psicologia, Fisioterapia, Farmácia Clínica, Fonoaudiologia e Assistência Social, responsáveis por mais de 4 mil atendimentos, responsáveis por mais de 4 mil atendimentos e ações de apoio por mês e o Pronto-Socorro (urgência e emergência)  está preparado e conta com uma infraestrutura completa de um hospital de grande porte para receber os casos mais graves e complexos da região, realizando mais de 7 mil atendimentos por mês.

No atendimento ambulatorial, são mais de 4,5 mil atendimentos por mês, em diversas especialidades. Em medicina diagnóstica, o HUSF realiza mensalmente cerca de 69 mil exames e procedimentos, alguns com exclusividade na região, como Medicina Nuclear e Litotripsia.

 

Por Daniel Torres/Colaborou: www.husf.com.br

 

 

Publicidade

Mais Lidas